Home



O problema da velhice não reside no facto de sermos velhos, mas sim no facto de ainda nos sentirmos jovens.

(Oscar Wilde)


No sentido de ultrapassar este problema (o da velhice) e já que continuo a sentir-me jovem, tenho vindo a dedicar-me a tarefas que me dão prazer socorrendo-me dos saberes acumulados ao longo dos anos, nomeadamente dos que se relacionam com a programação informática.

Neste capítulo cheguei, como chegou Sócrates Filósofo ateniense do período clássico da Grécia Antiga (o outro o da Grécia antiga), à conclusão de que: "só sei que nada sei"Frase atribuída ao filósofo Sócrates, considerada como o paradoxo socrático querendo dizer que quanto mais aprendia, mais se apercebia que muito mais havia para descobrir.

Efectivamente este apaixonante mundo da linguagem informática tem muito que se lhe diga pois, além de nos atazanar os neurónios, sempre que avançamos um pouco mais no conhecimento, mais nos apercebemos do muito pouco que ainda sabemos.

A idade vai avançando e a pachorra começa a escassear, mas temos de ocupar o tempo com alguma coisa!

Não gosto de telenovelas, não tenho o hábito de ir para a Praça da República jogar à "sueca" e não pretendo ficar horas na praia a derreter as banhas ao sol.

Assim, lembrei-me de criar mais este site no Blogger onde, com pequenos códigos em CSS, podemos dar-lhe um aspecto mais atraente e proporcionar aos visitantes uma navegação mais expedita.

O Blogger é uma aplicação informática de criação de blogues, mas que, de há uns anos para cá, também permite criar as páginas estáticas de um site no qual podemos incluir linhas de programação próprias ou alterar as já existentes, de modo a proporcionar aos visitantes novas facilidades de navegação.

Concluída a tarefa de construção do layout do site, este não será alvo de renovação constante, mas o blogue que lhe está associado necessitará de, periodicamente, ser alimentado com textos apelativos para que suscitem um mínimo de interesse por parte dos visitantes, e é nesta fase que o problema se agudiza pois, como alguém escreveu: "até à velhice aprende-se muita coisa, mas o que realmente aprendemos melhor é a arte de disfarçar a ignorância".
Nesse sentido e no que se refere à escrita, a minha intrínseca juventude conduz-me invariavelmente à brejeirice, disfarçando, deste modo, a total falta de "engenho e arte" para o ofício.

Portanto, a minha única intenção ao criar este site e respectivo blogue, é a de ocupar algum do meu tempo livre publicando aqui algumas tretas e, quem não gostar..., que não coma, deixe ficar na beira do prato!É o que eu costumo fazer quando não gosto do "tacho" que me põem à frente.

AM - 23/07/2019

Abílio Magro

Sempre a "bombar" na Net
até que os dedos lhe doam!




Sem comentários:

Publicar um comentário